• Stefani Cecon

O Que Todos Precisam Saber Sobre Modelo De Escada

Se você está pensando em começar a projetar a casa nova, você provavelmente já parou para pensar em qual o melhor modelo de escada, não é?


E quando pesquisou, se deparou com tantas informações que ficou mais perdido ainda rsrs. Sei exatamente como você se sente!


É exatamente por esse motivo que estou escrevendo esse post. Nesse artigo, irei te explicar cada tipo de escada, degraus e materiais que você pode adotar. Te garanto que você irá sair daqui como um expert em escadas!


Além disso, no final, irei te mostrar qual é a melhor para o seu projeto! Então, fica ligado no texto!


CONCEITOS PRELIMINARES


PISO


O piso de uma escada é basicamente o degrau em si, a parte onde o nosso pé se apoia quando estamos subindo uma escada.


ESPELHO


Espelho é aquela “mini parede” entre um piso e outro, onde geralmente batemos o pé quando estamos subindo uma escada.


PATAMAR


O patamar, quando existente, é um local feito para descanso, é um piso da escada, ou seja, um de seus degraus com comprimento maior.


Observe esses três conceitos na imagem a seguir:



TIPOS DE ESCADA


RETA


As escadas retas são um clássico, você provavelmente já viu algumas delas pela cidade. Se você está pensando em alguma agora, vou te ajudar, lembra da escada rolante? Então, é uma escada reta!


Se você não sabe o que é uma escada reta, é bem simples de entender, como o próprio nome já diz, ela é reta rsrs.


Ou seja, é caracterizada por não ter nenhuma curva, no entanto, pode ter algum patamar presente na sua extensão, esse patamar é essencial quando você tem um desnível muito grande, pois ele é utilizado como um descanso intermediário.


Esse tipo de escada é ideal para os ambientes estreitos e compridos, então se você tem um terreno estreito, você tem que levar esse tipo de escada em consideração!


Veja dois exemplos a seguir de escadas retas, uma sem patamar e outra com a presença de patamar:



EM L


A escada em L é composta por dois lances de escadas em direções diferentes, ou seja, formando um ângulo de 90° entre eles, assim como, a letra L.

Nessa mudança de sentido entre os lances, existe há presença de um patamar plano entre eles.


Esse tipo de escada é indicado para praticamente qualquer ambiente, desde que não seja muito pequeno. A forma mais utilizada desse modelo é com pelo menos um dos lances encostado em uma parede.


Veja um exemplo desse modelo de escada:



EM U


O modelo em U é de longe o preferido entre os nossos clientes e não é por menos, esse modelo de escada é um charme em qualquer situação!


Para entender esse modelo é bem simples, ele consiste basicamente em dois lances de escada em direções opostas, ou seja, formando um ângulo de 180° entre eles, bem parecido com a letra U.


E assim como o modelo em L, é composto por um patamar plano entre os lances.


Ainda tá difícil visualizar? Não se preocupe, observe as imagens a seguir:



EM LEQUE


Esse modelo de escada é bem parecido com o tipo em L, pois tem dois lances de escada em diferentes direções formando um ângulo de 90° entre eles.


E também pode ser bem parecido com o modelo em U com dois lances de escada formando 180° entre eles.


Então, você deve estar se perguntando onde está a diferença desse modelo para o modelo em L e em U, não é?


Essa diferença está na transição entre os lances, lembra que no modelo em L e em U essa transição era feita através de um patamar? Nesse caso, essa transição é feita com degraus.


É uma ótima opção, quando você não tem tanto espaço disponível para colocar a escada em L ou em U. Pois, dessa forma, com a presença de degraus nos patamares, economiza no número de degraus final da escada e consequentemente diminuindo o seu tamanho.


Veja alguns modelos a seguir:



CARACOL


Essa tipo de escada é ideal para você que quer economizar no espaço da escada! Então, se você praticamente não tem espaço para instalar a escada, essa é sua opção ideal!


A escada caracol consiste em um modelo que dá voltas em torno de uma coluna central. Vale ressaltar que essa coluna pode ser aparente ou imaginária haha.


No entanto, também pode ser utilizada em espaço maiores aumentando ainda mais o diâmetro das suas voltas.


Vale ressaltar que apesar de ser um modelo com uma beleza diferenciada por suas formas redondas. A escada caracol é bem difícil de ser utilizada em mudanças por exemplo, pois passar móveis por essa escada é um desafio.


Ainda não sabe que tipo de modelo é esse? Observe as imagens abaixo:


Fonte: Vivadecora e Dezeen

CIRCULAR


A escada circular é famosa por suas curvas! Uma ótima aposta para trazer um ar mais moderno ao ambiente! Se você tiver bastante espaço disponível no ambiente, tenho certeza que todos irão adorar a sua escada!


Ela não chega a ter tantas voltas como a caracol, ou seja, a sua curva e os seus traços são mais suaves, para conseguir visualizar melhor esse modelo de escada separei alguns modelos, dê uma olhada:



BIFURCADA


Não posso deixar de mencionar a escada bifurcada! Se você está pensando em trazer um estilo clássico para sua casa, essa escada é para você!


Tenho certeza que você já viu esse modelo nos filmes de época!


Essa escada consiste com um lance inicial que se divide em outros dois lances que vão para direções opostas, como se fosse um T ou Y.


Ainda não sabe qual tipo de escada é essa? Dê uma olhada nos modelos que separei:



TIPOS DE DEGRAUS


Agora que você já conhece os principais tipos de escada, vamos falar sobre os tipos de degraus.


Se você está meio confuso, fique tranquilo que irei te explicar tudo o que você precisa saber para escolher a escada ideal para o seu projeto!


Um mesmo tipo de escada como por exemplo, a escada em L, pode ter qualquer um dos tipos de degraus que veremos a seguir.


Então, como você já deve ter reparado, primeiramente, você escolhe o tipo de escada e depois o tipo de degrau!


Sem mais enrolação vamos aos tipos!


PLISSADO


Nesse tipo de degrau a parte debaixo da escada segue o mesmo formato da parte de cima.


Dei um nó na sua mente? Rsrs.


Dê uma olhada nas imagens a seguir para entender exatamente o que eu estou falando:


Vale ressaltar que apesar de ter uma estética fantástica esse tipo de escada acaba saindo um pouco mais cara, pois, requer maior uso de aço e mais detalhamento na execução.


ESPELHO VAZADO


Esse tipo de degrau é muito interessante, pois pode estar presente em outros tipos também.


Conforme já vimos nesse artigo na seção de conceitos preliminares, você já sabe o que é e onde está localizado o espelho de uma escada.


Logo, o tipo de espelho vazado, significa que nesse tipo de degrau, no espelho, não possui nenhum tipo de material, ou seja, é vazado.


Se ainda não conseguiu visualizar, observe as imagens abaixo:



ENGASTADO NA PAREDE


Eu costumo dizer que esse degrau é uma relação de amor e ódio, ou você ama ou você odeia, rsrs.


Esse tipo de degrau traz um ar de modernidade para sua casa, pois ele é engastado na parede, ou seja, é “preso” somente na viga que está embutida na parede.


Esse modelo também tem a característica dos espelhos vazados, visto que, não possui espelho.


Ainda não sabe de qual modelo estou falando? Veja as imagens a seguir:


Fonte: Vivadecora e contemporist

ESTRUTURA CENTRAL


Também conhecida como espinha de peixe, esse modelo de degrau possui uma viga central que dá suporte para os degraus.


E advinha só, também podemos dizer que esse modelo geralmente possui o espelho vazado.


Veja imagens desse tipo super interessante



VIGAS LATERAIS


Já nesse modelo, diferente do tipo anterior que possuía a viga central, ele possui duas vigas, uma em cada lateral da escada.


Essas duas vigas dão suporte para toda a escada e obviamente trazem consigo um charme único.


Veja só:



FLUTUANTE


Esse tipo de degrau não deixa nenhum tipo de estrutura aparente, dando a impressão que os degraus estão flutuando.


É uma ótima opção para entrada da casa, pois para ter esse efeito esse degrau precisa ser grande e com um espelho muito pequeno.


Observe alguns exemplos abaixo:



LISA


Nesse tipo de escada, a parte inferior é coberta por uma superfície lisa e inclinada, esse modelo é o mais comum, econômico e fácil de ser executado.


Veja algumas imagens:



SUSPENSA


Nesse tipo, os degraus são suspenso por cabos presos em uma laje. Ou seja, não estão sendo descarregados em nenhum lugar, apenas pendurados.


E, para garantir a estabilidade da estrutura, esse modelo é misturado com alguns dos mencionados anteriormente. Do contrário, os degraus ficariam balançando rsrs, o que tornaria muito difícil a subida na escada, né?


E o mais legal desse estilo, é que os cabos, acabam funcionando como guarda corpo quando eles cumprem o espaçamento máximo permitido entre eles de 11cm.


Se você ainda não conseguiu visualizar como isso funciona na prática, dê uma olhada nas imagens a seguir:



MATERIAIS ESTRUTURA


Agora que você já consegue escolher o tipo de escada e o tipo de degrau que você mais gostou, chegou a hora de decidir o tipo de estrutura que terá a sua escada.


Para isso, temos três opções, são elas ferro, concreto e madeira.


Não existe um tipo de estrutura ideal, no entanto, a de concreto é de longe a mais utilizada no Brasil e consequentemente a mais fácil de encontrar mão de obra qualificada.


Porém,os modelos de ferro estão chegando com tudo! Eles são super resistentes e demandam uma manutenção periódica contra a corrosão.


Já os modelos de madeira continuam sendo a melhor escolha se você quer um ambiente bem rústico!


Vale ressaltar que se você escolher a estrutura de madeira é necessário um tratamento contínuo contra insetos, como o cupim.


Também, a escada de madeira pode produzir alguns ruídos devido a dilatação dos materiais. Da mesma forma, a escada de ferro pode ser mais barulhenta, com certeza você já subiu por uma escada de ferro e sabe do que eu estou falando rsrs.


Uma ótima alternativa é a estrutura mista, onde você consegue mesclar os tipos de materiais que mencionamos aqui.


Veja alguns modelos de estruturas mistas:



ACABAMENTO


As escadas em concreto possuem uma variedade muito maior de revestimentos, entre eles o granito, mármore e o porcelanato são os que mais conquistam os nossos clientes!


E obviamente, o próprio acabamento em concreto que já é fantástico!


As escadas de madeira, o acabamento já o próprio material, assim como a escada em ferro.


GUARDA CORPO


Quando falamos de escada também falamos de guarda corpo, e como você pode imaginar, existem diversos tipos, vou trazer os principais aqui.


Segue o fio!


VIDRO


Os guardas corpo de vidro são os queridinhos do momento, pois eles trazem modernidade deixando o ambiente com um aspecto mais claro.


Veja alguns exemplos a seguir:


Fonte: Vidronovo e Casaeconstrução

MADEIRA


O guarda corpo de madeira é simples, prático e perfeito para deixar o ambiente mais rústico!


Se você nunca viu esse tipo de guarda corpo em escada, dê uma olhada:



FERRO


O de ferro pode ser usado de diferentes formas, pois é possível modelar o guarda corpo para criar o aspecto que você prefere, ou seja, ele pode ir de moderno ao clássico.


É feito de um material super resistente e na maioria dos casos é formado por barras tubulares, espaçadas entre si. Vale ressaltar que, o espaçamento máximo permitido entre essas barras é de 11cm.


Observe as imagens a seguir e perceba a diferença de estilo entre elas:



ALUMÍNIO


Esse guarda corpo prateado, com certeza irá se destacar na sua escada! Sendo uma opção mais acessível ao inox, é uma ótima escolha!


Veja alguns exemplos desse material sendo utilizado:


Fonte: Arcanjoserralheria e Escadasespeciais

INOX


O guarda corpo em inox é fantástico, pois não corre o risco de enferrujar! É uma ótima opção de um material super resistente e charmoso ao seu ambiente.


Dê uma olhada nas imagens abaixo:


Fonte: Inoxnovo e Alfacorrimão

PVC


Uma opção super econômica para você utilizar na sua escada é o PVC. Geralmente utilizada na cor branca, essa opção apesar de barata, tem sua beleza.


Observe os exemplos a seguir:



MISTO


Há sempre a opção de misturar dois ou mais materiais no guarda corpo da sua escada e os resultados são incríveis!


Veja a seguir alguns exemplos:



MEDIDAS CONFORTÁVEIS


Agora que você já escolheu o seu modelo de escada ideal, vou te explicar quais regras seguimos para projetar escadas e quais as medidas confortáveis recomendadas pelas normas brasileiras.


Vamos começar pela largura necessária da escada, em que a mínima permitida em residências é de 80cm e para prédios multifamiliares ou públicos é de 1,20m.


No entanto, a NBR9050, que é a norma de acessibilidade, recomenda que a largura da escada em rotas acessíveis seja de 1,50m. Ou seja, se a sua construção for multifamiliar ou pública, recomendamos que já adote a largura recomendada nesta norma.


Outra característica que temos que ficar de olho é o pé direito mínimo recomendado entre a escada e o teto, que é de 2,15m. Ou seja, quando ocorrer o início do pavimento superior, ou início do forro/laje, acima da escada, o espaço disponível na vertical terá de ser 2,15m.


Lembrando que todas essas regras podem ser alteradas de cidade para cidade dependendo do código de obras municipal.


A Altura do corrimão da escada pode variar entre 70 a 92cm, de acordo com a norma. Então, tenha esses valores sempre em mente!


O comprimento do degrau, ou seja, do piso da nossa escada deve estar entre 28cm a 30cm. E altura dos espelhos entre 16cm a 18cm.


Além disso, também é necessário que a nossa escada siga uma regra chamada de regra de Blondel. Apesar de parecer uma coisa de outro mundo, ela é bem simples.


Você irá pegar a altura do seu espelho e multiplicar por dois. Então, você tem que pegar esse resultado e somar com o comprimento do piso. Só isso!


Esse valor tem que estar entre 63cm a 64cm! Simples assim, se não estiver, será necessário redimensionar a escada. Lembrando que esse cálculo deverá ser feito pelo seu projetista!

Tenho a certeza que você já possui tudo o que você precisa saber sobre escadas! Se você já escolheu a sua, conta para a gente nos comentários!


Não se esqueça de assinar nossa newsletter para receber o nosso conteúdo em primeira mão sempre que sair!


7 visualizações